Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Por Trás dos Números

Por Renato Meirelles
Renato Meirelles é pai da Helena, acredita que a Terra é redonda, está à frente do Instituto Locomotiva e, neste espaço, interpreta os números muito além da planilha Excel
Continua após publicidade

Expo Favela Innovation 2023 mostra espírito empreendedor das favelas

As favelas podem significar grandes oportunidades de negócios

Por Renato Meirelles Atualizado em 9 Maio 2024, 18h41 - Publicado em 8 dez 2023, 13h41

Durante três dias, mais de 46 mil pessoas passaram pelo Expo Center Norte em São Paulo no último final de semana para conhecerem o empreendedorismo, inovação e intervenções culturais desenvolvidos pelas favelas brasileiras. A Expo Favela Innovation 2023 foi antes de tudo aquele momento onde a favela vem até o asfalto para mostrar toda a riqueza que circula, ajudando a derrubar o estigma de que nas favelas só existem pobreza, violência e tráfico. Há sim muitas necessidades, mas também existe um forte espírito empreendedor.

Pude presenciar isso ao participar por três dias desse grande evento e da premiação dos 10 melhores empreendedores do País. Tive a honra de estar na abertura do primeiro dia do evento apresentando uma pesquisa inédita do Data Favela, instituto que fundei com o meu parceiro Celso Athayde, idealizador da feira.

Os dados mostram justamente isso: que três quartos dos moradores de favela ou já empreendem ou querem empreender. Essas pessoas empreendem porque sabem que, para ganhar mais do que dois salários mínimos vivendo no CEP em que nasceram, precisam ser donas do próprio negócio.

Os mais de 16 milhões de brasileiros que vivem em favelas movimentam R$ 200 bilhões por ano. Isso não é um detalhe. Os números ainda mostram que qualquer empresa que queira dialogar com esse território tem que enxergar a favela como parceira. As favelas podem significar grandes oportunidades de negócios.

A expertise do asfalto poderia atuar em parceria com a tecnologia social da favela na busca de soluções. Na prática, vemos que a favela é o celeiro da inovação, porque nela ou você inova, ou está fora do jogo. A favela tem uma tecnologia social própria, o ‘sevirômetro’ (a arte de se virar), muito mais presente do que em qualquer outra região do país.

Continua após a publicidade

O desejo de emancipação econômica pelo empreendedorismo é o segundo maior sonho dos moradores das comunidades de periferia no Brasil, só perdendo para o desejo de adquirir a casa própria. No entanto, muitos potenciais empreendedores acabam desistindo da atividade por falta de crédito e educação financeira.

A favela é a concentração geográfica das desigualdades sociais e muitas vezes o morador não encontra no emprego formal a oportunidade para desenvolver toda sua potencialidade. Por isso vemos que o sonho em ter o negócio é a única saída. E dinheiro circula dentro das próprias favelas, fazendo a economia local girar.

A Expo Favela é a oportunidade para que o asfalto conheça a favela, mas é importante que projetos de governos apoiem ao empreendedorismo nas favelas. São empreendedores que atuam em vários segmentos e que, com apoio, poderiam melhorar a vida da própria família ou mesmo da comunidade em que vive. A potência e a inovação das favelas devem ser conhecidos e valorizados pelo asfalto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.