Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Paraná

Por VEJA Correspondentes Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens paranaenses. Por Guilherme Voitch, de Curitiba
Continua após publicidade

Cabral, esposa e secretário são aprovados em vestibular no Paraná

Graduação em teologia oferecida pela Faculdade Batista pode ser feita a distância

Por Guilherme Voitch Atualizado em 30 jul 2020, 20h39 - Publicado em 8 dez 2017, 14h03

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, a sua esposa, Adriana Ancelmo, e Wilson Carlos Cordeiro Carvalho, ex-secretário de governo em duas gestões do peemedebista, foram aprovados no curso de bacharelado em Teologia da Faculdade Batista do Paraná (FABAPAR) O curso é de graduação à distância. A informação foi obtida com exclusividade pelo blog Paraná. A listagem dos aprovados foi divulgada pela faculdade na manhã desta sexta-feira (8) e a informação confirmada pelo filho de Cabral, o deputado federal Marco Antônio Cabral.

Cabral, Adriana e Carvalho foram presos na Operação Calicute, deflagrada pela Polícia Federal no fim do ano passado, e estão detidos na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio.  A Calicute apura irregularidades em grandes obras no Rio, como a urbanização de Manguinhos, a construção do Arco Metropolitano e a reforma do Maracanã

Turma

Também foram aprovados na mesma turma o empresário Marco Antônio de Lucapreso na Operação Ratatouille, desdobramento da Lava-Jato que investiga contratos do setor de alimentos nos governos de Sérgio Cabral e do governador Luiz Fernando Pezão, e Alessandra da Costa, irmã do traficante Fernandinho Beira-Mar, presa em maio deste ano.

A legislação determina que para cada três dias de estudo há a redução de um na pena. Cabral já foi condenado a  72 anos e é réu em mais 13 ações penais. Adriana foi condenada a 18 anos em uma ação e responde a outras três.

Nota

A Faculdade divulgou nota sobre o ocorrido. Diz o texto: ” A FABAPAR não atua de forma direta com qualquer detento. Todas as provas são aplicadas pela Secretaria de Segurança do seu estado e sua aplicação é realizada após verificação da mesma pelos órgãos competentes da área de Segurança Pública…Destacamos que os detentos passam pelos mesmos critérios de correções de nota e redação, como qualquer outro candidato que se dispõe a vaga, sem regalias, privilégios ou coerções de terceiros.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.