Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Som e a Fúria

Por Felipe Branco Cruz
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

O público que ficou mais irritado com a noite sertaneja do Rock in Rio

Nas redes sociais, os metaleiros do país que esperavam por AC/DC e receberam Luan Santana estão indignados

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h53 - Publicado em 29 abr 2024, 15h42

Dos sete dias de Rock in Rio em 2024, havia pelo menos um em que os fãs de rock pesado apostavam suas fichas: o sábado, 21 de setembro. Até, então, nenhuma atração para a data havia sido anunciada e havia expectativas de que a produção do festival dedicasse esse dia para o gênero musical, com apostas, inclusive, em um show da banda AC/DC.

Não foi o que aconteceu. Os organizadores do festival revelaram nesta segunda-feira, 29, que o dia será dedicado aos ritmos brasileiros e não terá headliner na programação. A grande novidade será a apresentação de artistas sertanejos, com Chitãozinho & Xororó comandando a festa com convidados como Ana Castela, Luan Santana e Simone Mendes. A noite terá ainda Daniela Mercury, Alcione e Zeca Pagodinho.

O dia do rock, no entanto, ficou restrito ao domingo, 15 de setembro, com Avenged Sevenfold como line-up, tendo ainda Evanescence, Journey, Deep Purple, Incubus, Barão Vermelho, Planet Hemp, Pitty e Paralamas do Sucesso entre as atrações.

Nas redes sociais, a chiadeira foi generalizada, com o público dizendo que o Rock in Rio virou um novo Villa Mix (um dos maiores festivais de sertanejo do país).

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.