Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Me Engana que Eu Posto Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Coluna
A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.
Continua após publicidade

Deputado ‘bateu ponto’ de colegas ausentes da Câmara no Carnaval?

Vídeo que circula nas redes sociais não mostra a Câmara brasileira, mas o Parlamento da Ucrânia. Presença na Casa é marcada por biometria, e não por cartão

Por João Pedroso de Campos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 fev 2018, 16h16 - Publicado em 15 fev 2018, 16h08

Internautas têm compartilhado nas redes sociais e no WhatsApp desde o início desta semana um vídeo que mostraria um deputado federal brasileiro registrando malandramente, no sistema da Câmara, as presenças de colegas que faltaram ao trabalho nos dias de Carnaval.

(Reprodução/Reprodução)

As imagens, no entanto, não foram feitas na Câmara dos Deputados e o homem filmado não é uma Excelência tupiniquim. O vídeo foi registrado no Parlamento da Ucrânia, como se pode ver logo no início dele, quando pequenas bandeiras do país europeu aparecem sobre a bancada de um dos parlamentares ucranianos.

(Reprodução/Reprodução)

O tuíte reproduzido abaixo, em que internautas citam Verkhovna Rada, Parlamento ucraniano, mostra que o vídeo circulou no país em meados de 2017:

Continua após a publicidade

Outro elemento a indicar que o vídeo não foi feito na Câmara, mas no Legislativo da Ucrânia, é uma simples comparação entre os espaços físicos da Casa e do Parlamento do país europeu. As poltronas dos deputados ucranianos, assim como mostram as imagens, são vermelhas, enquanto as dos brasileiros são verdes, cor que caracteriza a Câmara. Veja na imagem abaixo:

Câmara dos Deputados do Brasil e Parlamento da Ucrânia (Lula Marques/AGPT - Iren Moroz/Pacific Press/LightRocket/Getty Images)

Além disso, as presenças dos deputados federais brasileiros não são registradas por meio de um cartão, mas biometricamente, isto é, através da digital dos parlamentares. Ou seja, não há como outras pessoas, como colegas e assessores, por exemplo, limparem a barra de deputados faltosos.

A imagem e o vídeo abaixo mostram, respectivamente, as diferenças entre o sistema de registro de presença e voto no plenário da Câmara e como o mesmo procedimento é feito no Parlamento da Ucrânia.

Continua após a publicidade
Identificação digital na Câmara dos Deputados (camara.leg.br/Reprodução)

Mesmo que fosse possível que um deputado registrasse presença em nome de outros no Brasil, isso não seria necessário durante o Carnaval. Conforme o site da Câmara, o plenário da Casa não teve sessões na última segunda-feira, 12 de fevereiro, na terça-feira, 13 de fevereiro, e nem na quarta-feira de Cinzas, 14 de fevereiro. A agenda foi retomada às 14h desta quinta-feira, 15, com uma sessão não deliberativa de debates.

 

Agora você também pode colaborar com o Me Engana Que eu Posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Continua após a publicidade
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.