Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Me Engana que Eu Posto

Por Coluna
A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.
Continua após publicidade

Áudio falso: diretor da Globo não se demitiu e voz não é dele

Boato circula no WhatsApp atribuindo a mensagem mentirosa a um diretor do Fantástico, o que foi negado pelo próprio ao blog

Por Da redação
Atualizado em 6 dez 2017, 20h35 - Publicado em 18 ago 2017, 13h46

A Rede Globo é a nova vítima dos criadores de fake news. Circula nesta sexta-feira um áudio falso no WhatsApp atribuído a um suposto funcionário da emissora, alardeando que a companhia se “alinhou à esquerda para preparar a volta do Lula”. Para isso, a diretoria da empresa teria orientado os seus programas jornalísticos a tratarem “de forma caluniosa” o presidente Michel Temer, o prefeito de São Paulo, João Doria, e os integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. A voz ainda acrescenta que o logo da Globo ganharia novos tons de vermelho, numa demonstração do seu alinhamento com a esquerda. O conteúdo é tão inverossímil que nem valeria o registro, mas como o áudio viralizou nas redes sociais o Me engana que eu posto foi atrás para saber se há pelo menos algum fundo de verdade nele. E não há.

O locutor inicia a gravação avisando que “por questões óbvias” não irá se identificar. O arquivo, no entanto, é compartilhado junto com a foto e o nome do atual diretor do Fantástico, Luiz Nascimento, que supostamente teria se demitido do cargo na última sexta-feira, o que também é mentira. Recentemente, saíram notícias em portais de entretenimento dando conta de que ele e a mulher, que também trabalha na Globo, iriam se aposentar no fim do ano. Como é de praxe no mundo do fake news, os boateiros se aproveitam de uma informação aparentemente verdadeira para basear uma notícia complemente mentirosa.

Ao blog, o diretor do Fantástico enviou a seguinte nota sobre o áudio: “Não pedi demissão, a voz não é minha e esse texto falso também não é meu. Acho lamentável — e me causa profunda indignação — que máquinas de propaganda condenáveis e protegidas por um anonimato criminoso usem as redes sociais para propagar mentiras com objetivos obviamente escusos”.

Procurada, a Rede Globo afirmou que tudo, absolutamente tudo, no áudio é falso.”Máquinas de propaganda se utilizam cada vez mais de fake news com propósitos escusos. Mas pesquisas mostram que temos uma vantagem: como líder absoluta, todos veem nossos noticiários e o público não acredita nos boatos, porque eles não são compatíveis com o que vai ao ar de fato”, diz o texto.

Continua após a publicidade

 

Agora você também pode colaborar com o Me engana que eu posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.