Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Lula mais livre do que nunca

Decisão do MPF é emblemática para o ex-presidente

Por Matheus Leitão 8 dez 2021, 10h19

É mais que emblemático que o Ministério Público Federal (MPF) tenha decretado o fim do caso do triplex do Guarujá.

O processo foi o primeiro que levou à condenação do ex-presidente Lula e que marcou na História a cena do dia 7 de abril de 2018, quando Lula deixou a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, para ser levado para a prisão pela Polícia Federal.

Lula foi retirado das eleições de 2018 por causa desse processo. Foi preso por uma decisão do então juiz Sérgio Moro, depois considerado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Mensagens de integrantes da Operação Lava Jato de fato confirmaram a relação promíscua e a postura tendenciosa e política de Moro e dos procuradores da força-tarefa, neste processo.

Nesta terça-feira, 7, o juiz Sergio Moro chegou a dizer que “manobras jurídicas enterraram de vez o caso do triplex”. Ora, manobras jurídicas da Vara de Curitiba é que levaram à condenação de Lula rapidamente para tirá-lo do pleito em 2018.

Continua após a publicidade

Prazo prescricional

A idade avançada de Lula é o motivo para a “morte” do processo. Como as condenações foram anuladas, o processo teria que começar do zero.

O prazo prescricional corre pela metade para pessoas com mais de 70 anos. Lula tem 76. Isso significa que, mesmo que fosse novamente condenado, a pena de Lula estaria prescrita até que pudesse ser colocada em prática.

O ex-presidente tem liderado todas as pesquisas de intenção de votos e, em algumas, como mostrou a coluna, vence no primeiro turno.

O posicionamento do MPF joga uma pá de cal nesse caso específico. Ainda existem outros processos contra Lula, mas a notícia desta terça, 7, é emblemática e deixa Lula mais livre do que nunca.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)