Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Sorocaba: prefeito que proibiu apoio ao Hamas é amplo favorito à reeleição

Levantamento foi divulgado pelo instituto Paraná Pesquisas

Por Da Redação 13 Maio 2024, 12h14

O prefeito de Sorocaba (SP), Rodrigo Maganhato (Republicanos), conhecido como Rodrigo Manga, tem amplo favoritismo para a reeleição em 2024. Levantamento divulgado pelo instituto Paraná Pesquisas nesta segunda-feira, 13, coloca o atual mandatário em primeiro lugar na corrida municipal, com 72,8% das intenções de voto.

Atrás de Manga vem o deputado estadual Danilo Balas (PL), com 4,8% dos votos, seguido pelo sindicalista Paulo Eustasia (PT), com 2,5%, pelo ex-vereador Renan Santos (PDT), com 2,3%, e por Miriam Algarra (Rede), com 2,0%. Dentro da margem de erro de 3,8 pontos percentuais, os outros quatro pré-candidatos encontram-se tecnicamente empatados na segunda posição, inclusive com os votos brancos e nulos (8,7%).

“Resgate” de evangélicos em Gaza

Nos últimos meses, Manga protagonizou uma série de controvérsias ao tentar usar os conflitos entre Israel e Hamas na Faixa de Gaza como plataforma política. Em outubro, o prefeito foi pessoalmente a Brasília recepcionar cidadãos de Sorocaba resgatados da guerra pelo governo Lula e levá-los para casa de táxi aéreo — uma das brasileiras viralizou nas redes sociais ao agradecer a Manga pelo “resgate”, em rede nacional, dando a entender que o chefe do Executivo municipal teve participação nas operações de repatriação da Força Aérea Brasileira.

O grupo de onze pessoas transportado pelo prefeito, descobriu-se depois, era formado por cinco pastores evangélicos da Igreja Vida Plena e seus familiares, um deles homenageado pela Câmara Municipal pelo vereador Pastor Luis Santos (Republicanos), aliado de Manga.

Na semana seguinte, Manga enviou aos vereadores um projeto de lei para proibir “manifestações de apoio a grupos terroristas”, declarando que a legislação foi motivada por repúdio a apoiadores do Hamas. O texto foi aprovado pela Câmara e prevê multa de até 50 mil reais a quem demonstrar simpatia pelo grupo armado palestino.

Continua após a publicidade

Proximidade com Tarcísio

Colega partidário de Tarcísio de Freitas, Manga tem no governador o seu principal cabo eleitoral e aliado na disputa pela reeleição. No ano passado, o chefe do Executivo estadual chegou a prestigiar o lançamento de uma autobiografia do prefeito, que entrou para a vida política em 2012 como vereador sorocabano.

Além da forte aceitação em Sorocaba à sua gestão no governo de São Paulo, com 71% de aprovação entre o eleitorado, Tarcísio tem peso considerável na sua indicação ao prefeito do município paulista. Segundo o Paraná Pesquisas, 25,8% dos sorocabanos “com certeza votariam” e 44,6% “poderiam votar” em um candidato apoiado pelo governador — em contraste, 61,7% dos eleitores responderam que “não votariam de jeito nenhum” em qualquer nome apadrinhado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O Paraná Pesquisas entrevistou 710 eleitores em Sorocaba entre os dias 7 e 12 de maio de 2024. O grau de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é estimada em 3,8 pontos percentuais para mais ou para menos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.