Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O sumiço do coach que tenta ser presidente da República

Alvo de inquérito criminal após expedição em montanha, Pablo Marçal (Pros) vem driblando oficiais de Justiça

Por Sérgio Quintella Atualizado em 20 jun 2022, 12h43 - Publicado em 20 jun 2022, 12h41

Proibido de realizar eventos externos que coloquem seus seguidores em risco, o coach Pablo Marçal, pré-candidato a presidente pelo Pros, está desde janeiro na mira de oficiais de Justiça para que ele assine uma intimação.

No dia 5 do mesmo mês, o influenciador digital realizou uma expedição com um grupo de 32 pessoas ao Pico dos Marins, em Piquete, no interior de São Paulo. Durante a madrugada, o tempo virou e os participantes não conseguiram mais permanecer no local. Acionado, o Corpo de Bombeiros fez o resgate da turma e criticou a ação de Marçal.

Pablo Marçal
Grupo que era guiado pelo coach Pablo Marçal é resgatado por bombeiros em Piquete (SP) em razão do mau tempo em janeiro deste ano Corpo de Bombeiros/Divulgação

O caso foi parar na polícia, que abriu um inquérito para apurar supostos crimes de tentativa de homicídio. Na semana seguinte, a juíza Rafaela D’Assumpção Cardoso Glioche foi categórica: “Impor a Pablo Henrique Costa Marçal a medida cautelar de proibição de realizar qualquer atividade externa precipuamente na natureza (seja em montanhas, picos, rios, lagos, mares, ou em locais correlatos), por si ou por interposta pessoa, sem prévia e expressa autorização da Polícia Militar (aqui considerando a corporação em si, Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental), Prefeitura Municipal e Defesa Civil da localidade visada, sob o pretexto de sua atividade de coach ou em programas motivacionais”.

Pablo Marçal
O coach e presidenciável Pablo Marçal (Pros) durante expedição a montanha em Piquete (SP) Reprodução/Reprodução

Desde então, os oficiais de Justiça fizeram diversas tentativas de notificação nos endereços do acusado, sem sucesso. Em 26 de maio, o Ministério Público pediu a notificação pelos contatos digitais de Marçal. Com 2,2 milhões de seguidores no Instagram, o coach esteve no último fim de semana no Pará e no Ceará para eventos políticos, todos em solo firme.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)