Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Moro no Nordeste: ex-juiz já tem data para estrear no ‘território inimigo’

Presidenciável do Podemos estará em Recife no próximo domingo e prepara idas à Bahia e ao Ceará; na região, 54% acham que a condenação de Lula foi ‘injusta’

Por Da Redação Atualizado em 1 dez 2021, 18h19 - Publicado em 1 dez 2021, 12h59

O ex-juiz Sergio Moro, agora pré-candidato a presidente da República em 2022, já tem data para estrear em sua peregrinação eleitoral na região onde tem a pior aceitação no país: o Nordeste.

A pretexto de promover o lançamento do seu livro Contra o Sistema da Corrupção, ele desembarca em Recife no próximo domingo, dia 5, onde fará uma noite de autógrafos no Teatro RioMar, no Shopping RioMar. Depois, o ministro é esperado em janeiro na Bahia e no Ceará, aí já com eventos agendados pelo Podemos, o partido que banca a sua candidatura.

O Nordeste é a região mais hostil ao novo político, ao menos segundo a última pesquisa a medir a aprovação de Moro e da Lava-Jato, do Datafolha, de março de 2021. Ela foi feita uma semana depois de o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, ter anulado todos os processos da Lava-Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Quando foram questionados sobre o que achavam da condenação de Lula por Moro no caso do tríplex do Guarujá – foi essa condenação que levou o petista à prisão e o tirou da eleição de 2018 –, 54% dos eleitores do Nordeste disseram que ela foi injusta, contra 40% que a consideravam justa – na média do país, esses percentuais foram, respectivamente, de 57% e 38%.

Já em relação a como avaliavam o desempenho de Moro na Lava-Jato como um todo, foi no Nordeste que o ex-juiz atingiu a sua pior marca de ruim/péssimo (38%) – esse índice no restante do país foi de 27%, enquanto no Sul, região de origem de Moro, foi de 19%. Já os que avaliaram o seu desempenho como ótimo/bom, o percentual foi de apenas 32% entre os nordestinos contra 52% entre os sulistas.

Talvez não por isso, mas Moro decidiu iniciar a sua maratona de viagens por onde sabe que será mais bem recebido: nesta quinta-feira, 2, estará em Curitiba, para lançar o seu livro. No sábado, 4, vai ao Rio Grande do Sul participar da convenção local do Podemos.

 

Continua após a publicidade

Publicidade