Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

‘Lula quer liberar as drogas’: o novo ataque bolsonarista ao PT

Vídeo foi divulgado pela deputada Carla Zambelli (PL-SP)

Por Da Redação 28 jun 2022, 11h33

Depois de circular insistentemente pelas suas redes sociais um vídeo no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) diz que jovens roubam celulares para “vender, para ganhar um “dinheirinho”, em evento no qual ele falava sobre como a desigualdade social estimula a criminalidade, o bolsonarismo agora lançou mão de outra peça na qual tenta vender a ideia de que o petista vai “liberar as drogas”.

“O Lula quer liberar as drogas e os ‘meninos’ que forem presos por estarem com um baseado.  É isso que você quer para o futuro do Brasil?”, postou a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), uma das principais militantes bolsonaristas nas redes sociais.

Ela publica um vídeo editado no qual o ex-presidente diz: “Como é que a gente vai tratar essa questão das drogas no país? Vai continuar tratando como um caso de polícia? A gente vai ver jovens, meninos negros e meninas, ou seja da periferia, porque é encontrado com um baseado e é preso e fica dois anos sem ter alguém para ir lá liberar essa criança?”, afirma.

Continua após a publicidade

As diretrizes gerais do programa da chapa Lula-Geraldo Alckmin para o governo não fala em “liberar as drogas”, como sugere Zambelli. O documento diz que o “país precisa de uma nova política sobre drogas, intersetorial e focada na redução de riscos, na prevenção, tratamento e assistência ao usuário”. “O atual modelo bélico de combate ao tráfico será substituído por estratégias de enfrentamento e desarticulação das organizações criminosas, baseadas em conhecimento e informação, com o fortalecimento da investigação e da inteligência”, propõe;.

No seu post, ao usar a palavra “meninos”, Zambelli também faz referência a uma frase recente de Lula durante um evento com apoiadores no qual ele diz que atuou para liberar os sequestradores do empresário Abilio Diniz em 1989 — ele usa a expressão “meninos” para se referir ao grupo, a maioria integrantes de grupos de esquerda da América Latina.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.