Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Letra de Médico Por Cilene Pereira Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Prolongar o bronzeado do verão é possível, sim; saiba como

As recomendações vão do uso do protetor solar e cremes ao consumo dos alimentos corretos

Por Adriana Vilarinho Atualizado em 27 fev 2020, 12h31 - Publicado em 27 fev 2020, 12h25

As férias chegaram ao fim e logo o “bronze escritório” toma conta da pele. Mas calma. Há como manter o bronzeado por mais tempo, prolongando a cor dourada de verão.

A primeira e mais importante recomendação é o uso de filtro solar. Proteger é o primeiro passo para evitar desconfortos e, principalmente, doenças devido à exposição ao sol. Use produtos com fator de proteção acima de 30 em todo o corpo, mas vale pedir a indicação de sua dermatologista sobre o produto mais adequado ao seu tipo de pele e necessidade.

Após o sol, é hora de hidratar, e muito, a pele. Combinar o uso de óleo corporal, ainda no chuveiro, e em seguida aplicar o hidratante, é uma boa opção, principalmente se o dermocosmético possuir ativos como vitamina C e ácido hialurônico. Além disso, priorizar banhos mornos ou frios também é recomendado, pois evita a desidratação da pele causada por banhos quentes.

A ingestão de alimentos com betacaroteno também é importante. Essa provitamina se transforma no corpo em vitamina A e atua como antioxidante na pele, ajudando a manter a cor dourada. Esse composto pode ser encontrado em alimentos como cenoura, batata doce, abóbora, mamão e manga, e pode ser ingerido também na forma de cápsulas. Porém, para que a vitamina A atue sobre o bronzeado, é necessário que a ingestão desses alimentos comece cerca de 15 a 20 dias antes da exposição ao sol.

Adquirir o bronzeado de forma gradual é outra recomendação para que a cor de pele dure mais. O ideal é evitar o sol muito forte das 10h às 16h e se bronzear um pouco a cada dia, evitando que a pele fique vermelha, o que pode favorecer a descamação posteriormente.

Por fim, se mesmo com todas essas medidas seu bronzeado estiver indo embora, opte por cremes autobronzeadores gradativos, que hidratam a pele e ao mesmo tempo trazem cor de forma gradual, o que permite uma cor com aspecto mais uniforme e natural.
Consulte sempre sua dermatologista e esclareça todas as dúvidas. Prevenir ainda é a melhor solução.

A dermatologista Adriana Vilarinho
A dermatologista Adriana Vilarinho Ricardo Matsukawa/VEJA.com

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)