Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Toma que o Lula é teu

Felipe Moura Brasil comenta "ideal" de PT-Odebrecht e acordão com PSDB e PMDB

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 13 abr 2017, 14h38 - Publicado em 13 abr 2017, 14h06

Notas e tuitadas:

– Aí você vê depoimentos de Emílio e Marcelo Odebrecht, Pedro Novis e Alexandrino Alencar, escancarando o projeto criminoso de poder do PT, e lembra que petistas ainda há pouco gritavam, acusando os outros: “É GÓPI!”

Acordão costurado por Nelson Jobim entre Lula, FHC e Temer para salvar PT, PSDB e PMDB, e impedir vitória de “outsider” (João Doria Jr.?) ou “aventureiro” (Jair Bolsonaro?) em 2018, é o maior e mais melancólico abraço dos afogados.

– Repito: o PSDB nasceu como dissidência do PMDB, que nasceu do MDB, o partido esquerdista dos opositores do regime militar que rivalizavam com o poderio governista da Aliança Renovadora Nacional (Arena). É comovente ver a esquerda brasileira novamente unida em torno de um “ideal”.

(* Relembre artigo aqui no blog: “Geraldo Alckmin é a cara do PSB“.)

– Segundo delatores da Odebrecht:

* Geraldo Alckmin usou o próprio cunhado para receber propina de R$ 10,3 milhões da empreiteira durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2014.

* Aécio Neves, alvo de cinco inquéritos, solicitou R$ 5,4 milhões em “vantagens indevidas” para a campanha de Anastasia em 2010 e recebia mesadas que variavam de 1 a 2 milhões de reais.

* José Serra e Aloysio Nunes receberam de propina nas obras do Rodoanel quando um era governador de São Paulo; e outro, chefe da Casa Civil do estado.

– O PSDB “está sendo dizimado” e “a gravidade joga a favor” de João Doria, disse um dirigente do partido à Folha. Há dizimações que vêm para o bem.

– É dura a situação de Lula. Precisa atribuir – junto com suas marionetes na imprensa – toda a culpa a seu operador Antônio Palocci, mas morre de medo de que fazer isto o estimule a delatá-lo.

– “Se alguém pediu [propina] em meu nome, essa pessoa tem que ser presa”, diz Lula, explicando, na prática, o pacto feito entre chefe e operador para a hora do aperto. #FalaPalocci

– Lula posa de idiota o bastante para que seus comparsas ajam em seu nome sem que ele saiba e que a Odebrecht pague fortunas sem saber que ele sabe.

Continua após a publicidade

– Alguém aí está precisando de 40 milhões de reais? É só passar em alguma empreiteira e falar em nome de Lula. Dindim sai na hora, na boca do caixa. Aham.

– “Sentimento reinante no PT é de que Lula será preso em breve”, informa a VEJA. Antes tarde do que nunca.

– Pedro Novis, responsável pelos pagamentos de propina para as campanhas de Lula, disse à PGR que a lei das Parcerias Público-Privadas (PPP), de 2004, foi encomendada pela Odebrecht. Lula era o office-boy da empreiteira no governo.

– Relembro o que Lula disse em 22 de abril de 2010: “Deus queira que elas [as empresas privadas] queiram participar de todas [as obras públicas]. Porque, para nós, o ideal é essa parceria público-privada.” Sem dúvida, a PPP com a Odebrecht rendeu fortunas aos cofres petistas.

– Lula não enganou a esquerda. O esquerdismo é a (auto)enganação. Quem não se livrar desse vírus, sofrerá efeitos da doença de novo e sempre.

– Como queríamos demonstrar em 17 de julho de 2014:

– Só idiotas úteis creem que, aumentando o tamanho do Estado, teremos milhares de anjinhos para administrá-lo sem abusos e vendas de vantagens a quem está fora do Estado.

– O regime militar brasileiro, que de “direita” só tem o rótulo atribuído pela esquerda adversária, criou 47 estatais no país. O PT, até onde a imprensa contou, criou 43. Só não criou mais porque já havia as outras dezenas para usufruir.

– Capitalistas – como os Odebrecht – que se unem a socialistas para controlar mercado por meio do Estado nunca foram nem tampouco serão “direita”. São fiadores do esquerdismo.

– Sempre que a realidade prática do esquerdismo dissolve sua promessa em capitalismo de compadrio, fascismo ou ditadura socialista, até direitistas ajudam esquerdistas a eximir o vírus de culpa.

– Toma que o Lula é teu, esquerda. E pode levar tucanos e peemedebistas junto.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês