Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Tic-tac, Dilma Rousseff, tic-tac…

Além do teatro de Gilmar Mendes e Dias Toffoli, a coluna Painel, da Folha, traz duas notas interessantes, intituladas “Tic” e “Tac”: “Termina na segunda-feira o prazo para que a Petrobras envie à CPI as atas e gravações de reuniões do conselho de administração da estatal desde 2005 — quando Dilma era presidente do órgão. Se o […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h31 - Publicado em 30 abr 2015, 06h48

Além do teatro de Gilmar Mendes e Dias Toffoli, a coluna Painel, da Folha, traz duas notas interessantes, intituladas “Tic” e “Tac”:

“Termina na segunda-feira o prazo para que a Petrobras envie à CPI as atas e gravações de reuniões do conselho de administração da estatal desde 2005 — quando Dilma era presidente do órgão.

Se o requerimento não for cumprido, a comissão vai tomar medidas para realizar uma operação de busca e apreensão na empresa.”

O requerimento, acrescento, foi aprovado há mais de um mês – e até agora nada?

Como não desconfiar que a Petrobras esconde o material para proteger Dilma Rousseff? Será que ele existe ainda?

Continua após a publicidade

Dilma, relembro, presidiu o conselho até 2010. Em 2006, ela autorizou a compra de Pasadena.

A refinaria foi comprada por “um valor absurdo”, como destacou Gilmar Mendes quando o STF negou o desbloqueio de bens do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli e de ex-dirigentes da estatal, mantendo a decisão do TCU, que apurou a responsabilidade desse pessoal na negociata.

A CPI precisa descobrir o que exatamente foi dito naquela reunião, mas, decerto, a operação de apreensão deixa muito petista apreensivo.

Tic-tac, tic-tac, tic-tac…

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês