Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Pronto: já querem proibir as facas

Fernando Molica informa, no jornal O Dia: “Um dia depois da morte do médico Jaime Gold, esfaqueado na Lagoa, o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani (RJ) decidiu desarquivar um projeto de 2004 que proíbe o porte de armas brancas nas ruas. A boa relação de Picciani com Eduardo Cunha, presidente da […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h20 - Publicado em 22 Maio 2015, 10h05

Fernando Molica informa, no jornal O Dia:

“Um dia depois da morte do médico Jaime Gold, esfaqueado na Lagoa, o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani (RJ) decidiu desarquivar um projeto de 2004 que proíbe o porte de armas brancas nas ruas. A boa relação de Picciani com Eduardo Cunha, presidente da Câmara, deve fazer com que a proposta, do deputado Lincoln Portela (PR-MG), tramite com rapidez.

A sugestão para desarquivamento do projeto foi feita pela deputada estadual Marta Rocha (PDS), ex-chefe da Polícia Civil.”

Comento:

Roubar alguém é proibido. No entanto, o bandido roubou a bicicleta de Gold.

Esfaquear alguém é proibido. No entanto, o bandido esfaqueou Gold.

Continua após a publicidade

Matar alguém é proibido. No entanto, o bandido matou Gold.

Surpresa! Bandidos não obedecem à lei.

A proibição do porte de armas brancas, no entanto, garante aos bandidos que o cidadão de bem, cumpridor da lei, estará sem facas para se defender quando eles quiserem roubá-lo, esfaqueá-lo e matá-lo.

Parabéns, deputados. Tem tudo para dar certo.

Dedo cortado

Entregador de 25 anos roubado ontem na altura da Praça Tiradentes, no Centro, mostra o polegar ferido pela faca do bandido Rodrigo Feliciano Raimundo, de 27, que felizmente acabou preso. No Rio, corte no dedo é lucro

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)