Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Conta-gotas

Por Diogo Sponchiato
Pequenos diálogos para desbravar grandes obras & ideias − e cuidar melhor de si e do mundo
Continua após publicidade

Asas e foco à imaginação: o universo fantástico de um autor com autismo

Paulistano se vale de referências a RPGs e games e de características do transtorno do espectro autista para criar um bestiário de seres mitológicos

Por Diogo Sponchiato Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 18h36 - Publicado em 12 dez 2023, 16h08

Bem-vindo aos Sete Domínios, um mundo com mapa e tudo a que se tem direito, cheio de criaturas peculiares, como gigantescas minhocas-lunares, simos (uma mistura de símios com lagartos?), minitauros (pequenos minotauros às avessas) e bokkos (colônias que lembram pecinhas de Lego).

Um mundo com uma história milenar registrada pelo Bibliotecário, que reúne um catálogo de informações e ilustrações em seu Bestiário dos Sete Domínios, obra que, fora do território da imaginação, é da lavra do paulistano Piero Caramelli, de 29 anos, recém-publicada pela editora ÔZé – em coedição, registre-se, com a Editora da Grande Biblioteca.

Em seu terceiro livro, Piero apresenta aqueles universos à la Tolkien, com geografia, fauna, flora e mitologia próprias. E bebe de inspirações que vão de jogos de RPG a games e outras produções da franquia Bionicle, da Lego. Seu bestiário, com desenhos de seu punho, engloba fichas técnicas e causos desses domínios distantes, com seres que, de forma mais ou menos intensa, transcendem nossas concepções da realidade.

E tem um detalhe nos bastidores: o autor convive com autismo, mas se aproveita de uma das características típicas do quadro em alguns pacientes, o hiperfoco, para canalizar suas energias para criações minuciosas. No fim, ele se diverte, e nós também – não importa a idade.

Um exemplo materializado em livro de que, quando se dá rédea solta à imaginação e há um suporte adequado, uma condição de saúde não limita ou aprisiona ninguém. Pelo contrário: Piero faz da sua enciclopédia um voo livre alimentado por inventividade e dedicação.

E vem mais por aí. “Estou produzindo um livro que detalha a sociedade e a cultura do mundo do Bestiário”, adianta o autor.

Continua após a publicidade

Com a palavra, Piero Caramelli.

Bestiário dos Sete Domínios

Entre tantas referências a universos fantásticos e mitológicos, que obra, saga ou autor considera a maior influência em seu livro?

Para o Bestiário dos Sete Domínios, a maior inspiração talvez tenha sido a franquia da Lego chamada Bionicle, iniciada em 2001 e encerrada em 2009. Além dos brinquedos, que são a coisa central da franquia, ela também incluía quadrinhos, livros, jogos de computador, videogames e filmes.

A história do Bionicle é a de seis heróis biomecânicos que buscam libertar seu Deus, Mata-Nui, das maquinações de seu irmão malévolo, Makuta. Cada um desses heróis era associado a um dos elementos: fogo, água, rocha, terra, ar e gelo. Esse sistema de elementos foi o que despertou minha paixão por esse tipo de história. A saga Bionicle ainda tem muitos fãs e gerou várias fan-fictions.

Continua após a publicidade

De onde vem esse interesse pela criação de outros mundos, criaturas, artefatos e paisagens. O que eles te ajudam a expressar?

Eu gosto de contar histórias e desenhar personagens desde criança. Não consigo dizer exatamente o que despertou esse interesse em mim, mas eu sempre gostei de histórias “mistas”, que combinam aspectos de vários gêneros. Boa parte do meu tempo passo pensando nesse tipo de coisa: nos personagens e nas cenas das histórias.

De que forma o diagnóstico de autismo se relaciona com a sua produção literária e o desenvolvimento desse imaginário?

É uma pergunta meio difícil de responder. Tenho déficit de atenção e isso definitivamente contribui para eu ter minha imaginação sempre ocupada nesses mundos. Já o hiperfoco, característica de muitas pessoas com autismo, provavelmente é uma das razões pela qual eu me apaixonei tanto por algumas inspirações e em como eu coloco informações altamente detalhadas em meus trabalhos. Quando me interesso por alguma coisa, vou fundo.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.