Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Clarissa Oliveira

Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores
Continua após publicidade

Guilherme Boulos cobra lealdade do PT: ‘Gente séria cumpre acordos’

No Amarelas On Air, deputado rebate ataque de Jilmar Tatto, diz confiar em Lula e garante que acordo para eleição de 2024 será cumprido

Por Clarissa Oliveira Atualizado em 15 Maio 2024, 23h54 - Publicado em 13 jun 2023, 17h00

Escalado para disputar a prefeitura de São Paulo no ano que vem, o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) passou os últimos dias desviando de ataques vindos de setores do PT. Embalado pelas promessas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a corrida municipal, o deputado minimiza as divergências petistas, em entrevista ao Amarelas On Air desta semana. Segundo ele, a aliança entre o PT e o PSOL já está em fase de construção e será efetivada.

Na semana passada, ao jornal O Estado de S.Paulo, o secretário nacional de Comunicação do PT, Jilmar Tatto, chamou de “burra” a aliança com Boulos. Para o secretário petista, o apoio seria um “jogo de perde-perde”. Tatto foi candidato do PT na cidade em 2020. Foi eliminado no primeiro turno em sexto lugar, com apenas 8,65%. Acabou apoiando Boulos no segundo turno, vencido pelo então prefeito, Bruno Covas (PSDB).

Ao Amarelas On Air, Boulos – que até então vinha evitando bater de frente com Tatto – disse considerar “equivocada” a postura do dirigente. Ainda assim, o deputado disse não ver risco algum ao acordo firmado no ano passado, quando retirou sua candidatura ao governo de São Paulo em favor de Fernando Haddad.

“Não é uma palavra mal colocada que tem condições de apagar a historia, apagar os compromissos e apagar os acordos. E tem uma coisa que, na política assim como na vida, é muito cara. Gente séria cumpre acordo. E eu acredito que as pessoas que firmaram esse acordo comigo são sérias. E por isso estou muito tranquilo em relação ao cumprimento dele”, afirmou Boulos.

Continua após a publicidade

À medida que ensaia o discurso para o ano que vem, Boulos prefere endurecer as críticas ao atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB). O emedebista, segundo ele, é desconhecido do eleitorado e busca se associar ao bolsonarismo. Para o deputado, o rival deixa a cidade em estado de “abandono”, enquanto tenta construir uma aliança para sua reeleição.

Com apresentação desta colunista, o Amarelas On Air chega à sua terceira temporada. Inspirado nas tradicionais Páginas Amarelas da edição impressa de VEJA, o programa recebe a cada semana um convidado, sempre um nome relevante da cena política e econômica.

O Amarelas On Air é parte da estratégia digital de VEJA, que contempla a expansão da área de vídeo e de projetos multimídia. A entrevista será transmitida no YouTube, com trechos veiculados também no Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn e TikTok.

Continua após a publicidade

Inscreva-se nos canais de VEJA nas redes sociais e fique por dentro de tudo sobre o programa.

YouTube: https://www.youtube.com/c/veja
Facebook: https://www.facebook.com/Veja/
Instagram: https://www.instagram.com/vejanoinsta/

Leia mais sobre o Amarelas On Air e sobre bastidores da política nacional em https://veja.abril.com.br/blog/clarissa-oliveira/

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.