Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula quis vestir Dilma Rousseff com a fantasia de babá dos pobres. O dinheiro das pedaladas mostrou que a presidente continua no papel de mãe dos ricos

Há duas semanas, na discurseira para a plateia amestrada presente à reunião do Movimento dos Pequenos Agricultores em São Bernardo, Lula tentou justificar as pedaladas criminosas de Dilma Rousseff atribuindo a delinquência ao amor aos pobres: “Uma coisa, Patrus, que vocês têm que dizer é que talvez a Dilma, em algum momento, tenha deixado de […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 00h14 - Publicado em 26 out 2015, 17h26

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=fS5Z3erAVBc?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344]

Há duas semanas, na discurseira para a plateia amestrada presente à reunião do Movimento dos Pequenos Agricultores em São Bernardo, Lula tentou justificar as pedaladas criminosas de Dilma Rousseff atribuindo a delinquência ao amor aos pobres:

“Uma coisa, Patrus, que vocês têm que dizer é que talvez a Dilma, em algum momento, tenha deixado de repassar dinheiro do Orçamento para a Caixa ou não sei pra quem, por conta de algumas coisas que ela tinha que pagar e não tinha dinheiro”, mentiu. “E quais eram as coisas que a Dilma tinha que pagar? Ela fez as pedaladas para pagar o Bolsa Família. Ela fez as pedaladas para pagar o Minha Casa, Minha Vida”.

A safadeza foi desmontada nesta segunda-feira por uma reportagem publicada na Folha de S. Paulo. De acordo com os dados enviados ao jornal pelo BNDES e pelo Banco do Brasil, a maior parte dos R$ 40 bilhões utilizados irregularmente pelo governo Dilma não foi desviada para servirem para o Bolsa Família e outros programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida. Saíram pelo ralo do financiamento subsidiado para empresas e produtores rurais de médio e grande porte.

No mesmo dia em que Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na empresa LFT Marketing Esportivo, que pertence a Luís Claudio Lula da Silva, filho de Lula, sob a acusação de fraude e tráfico de influência, mais uma tapeação de Lula e Dilma Rousseff foi por água abaixo. Lula até tentou vestir Dilma Rousseff com a fantasia de babá dos pobres. O destino do dinheiro das pedaladas mostrou mais uma vez que a presidente continua caprichando no papel de mãe dos ricos.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)