Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Temperatura mais alta da história pode ter sido registrada nos EUA

Parque californiano alcançou os 54,4°C em meio à onda de calor no país; número passará por revisão antes de recorde ser confirmado

Por Sabrina Brito Atualizado em 17 ago 2020, 16h10 - Publicado em 17 ago 2020, 14h34

Os Estados Unidos podem ter registrado a maior temperatura já detectada de forma confiável na história do planeta. A marca de 54,4°C aconteceu no domingo 16, durante uma onda de calor que avança sobre a costa oeste do país, mas ainda é preliminar. O dado será verificado pelo Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA e só depois o recorde poderá ser confirmado.

A marca teria sido batida no Parque Nacional do Vale da Morte, parque da Califórnia. Até agora, o recorde oficial era de 54°C, registrado no mesmo local. Embora temperaturas mais altas já tenham sido relatadas, nenhuma delas foi totalmente legitimada por um órgão confiável.

Em 1931, a temperatura de 55°C foi atingida na Tunísia. Contudo, especialistas afirmam haver graves problemas de credibilidade no registro da marca. Um pouco antes, em 1913, o Parque Nacional do Vale da Morte chegou a 56,6°C — leitura que também não foi oficializada.

É importante lembrar que, devido ao agravamento do aquecimento global causado pelas atividades humanos, a quebra de recordes de temperatura tem se tornado cada vez mais comum. Ainda no começo de 2020, por exemplo, o continente antártico chegou aos 20°C pela primeira vez na história, preocupando cientistas e leigos.

Continua após a publicidade
Publicidade