Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Novo ancestral humano é descoberto em Israel

Espécie recém-descoberta pode ter originado os neandertais na Ásia, segundo estudo

Por Sabrina Brito
25 jun 2021, 10h40

Um novo estudo, divulgado no último dia 24, relatou a descoberta, em Israel, de um parente do ser humano desconhecido entre a comunidade científica. O artigo foi publicado na revista científica Science.

De acordo com os arqueólogos envolvidos no achado, esse ancestral humano teria vivido entre 140 e 120 mil anos atrás. Embora compartilhe algumas características com os neandertais (como os dentes e a mandíbula) e com hominídeos ainda mais antigos (a exemplo do formato do crânio), ele é bastante diferente do Homo sapiens moderno, já que não possuía queixo e tinha dentes muito grandes.

Os pesquisadores acreditam que os fósseis, encontrados na cidade de Ramla, pertencem a uma população que originou a maioria dos humanos da época do Pleistoceno Médio, que se estendeu de 355 a 82,8 mil anos atrás. A nova linhagem foi apelidada de acordo com o nome do sítio arqueológico onde a descoberta foi feita: Homo de Nesher Ramla.

Além disso, os cientistas hipotetizam que essa população tenha se misturado aos Homo sapiens que chegaram à região da Eurásia há 200 mil anos. Assim, o hominídeo encontrado em Israel pode ter sido um ancestral dos neandertais e das populações humanas arcaicas da Ásia.

Na opinião dos especialistas, a descoberta é de enorme importância. O novo ancestral humano pode ajudar a explicar, por exemplo, como os genes do Homo sapiens penetraram na população de neandertais. Além disso, ele pode mudar a narrativa de que os neandertais se originaram na Europa, já que, conforme aponta o estudo, eles podem ter tido seu início na região do Levante.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.