Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Feito inédito: Sonda árabe entra na órbita de Marte com sucesso

Missão lançada da Terra pelos Emirados Árabes em julho de 2020 alcança a órbita do planeta vermelho e se prepara para iniciar estudos atmosféricos

Por Sergio Figueiredo 9 fev 2021, 15h24

A sonda espacial árabe Al Amal (Esperança) chegou a Marte nesta terça, dia 9, para estudar a atmosfera do planeta vermelho em baixa órbita. Partindo do Japão em julho do ano passado, ela levou mais de 6 meses para chegar a seu destino, viajando, no trecho final da jornada, a quase 80 mil quilômetros por hora e tendo percorrido mais de 480 milhões de quilômetros em trajetória elíptica.

A sonda dos Emirados Árabes Unidos, em feito inédito para o país, é a primeira das três espaçonaves enviadas para explorar o planeta mais parecido com a Terra no sistema Solar. O objetivo é encontrar indícios de água congelada e resquícios de vida microscópica, além de procurar entender como Marte se tornou tão inóspito, perdendo atmosfera no decorrer de milhões de anos.

A Al Amal pode vir a auxiliar o rover Perseverance, com previsão de chegada dia 18. O jipe semiautônomo da Nasa, que traz novos equipamentos de análise consigo, inclusive um pequeno helicóptero, percorrerá um bom trecho da cratera Jezero, que os cientistas acreditam ter sido um delta repleto de água há 3,5 bilhões de anos.

Antes disso, com estimativa de chegada nas próximas horas, entrará em órbita a primeira nave chinesa enviada ao planeta vermelho. Batizada de Tianwen-1, ela está trazendo tanto um rover quanto um orbiter (sonda orbital) para análise simultânea da superfície e da atmosfera.

Confira todos os detalhes deste momento histórico da exploração espacial em VEJA 2724

Continua após a publicidade
Publicidade