Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientistas chineses se inspiram em abelhas para dar forma a aviões

Design baseado na estrutura do abdômen da abelha reduziria a resistência aerodinâmica e o consumo de combustível da aeronave

Uma equipe de cientistas chineses está desenhando um novo protótipo de avião inspirado no funcionamento do corpo das abelhas que reduziria o consumo de combustível, informou neste domingo a agência estatal de notícias Xinhua. “Nós nos inspiramos na estrutura do abdômen da abelha, que permite que ela se flexione livremente e controle a direção do voo”, o autor do projeto, Hu Guotun, da China Academy of Launch Vehicle Technology (Calt).

Sobre a base da estrutura flexível do abdômen da abelha, os cientistas da Calt desenharam um cone frontal para o avião que muda em diferentes etapas de voo. Esta estrutura “proporciona uma forma eficiente para que os veículos aeroespaciais reduzam a resistência aerodinâmica e economizem combustível, o que é de grande importância para o mercado aeroespacial comercial”, disse Hu.

Segundo o cientista, os aviões viajam através da atmosfera ao espaço para retornar à atmosfera e no processo de reentrada a aeronave utilizará seu próprio deslizamento inercial durante um período de tempo. Pela simulação, foi descoberto que o cone pode reduzir a resistência aerodinâmica em mais de 20%.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. É que na época do Concorde a China estava fechada para o mundo.

    Curtir