Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Cidade de São Paulo volta ao esquema tradicional de rodízio amanhã

A medida mais restritiva não teve o efeito esperado no índice de isolamento social

Por Da Redação Atualizado em 17 Maio 2020, 12h45 - Publicado em 17 Maio 2020, 11h53

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou, na manhã deste domingo (17), a retomada do rodízio tradicional de carros na cidade a partir de amanhã, segunda, 18. “Vamos publicar na edição extra do Diário Oficial deste domingo a retomada do rodízio a que estamos acostumados”, afirmou, em entrevista coletiva.

De acordo com ele, a medida ampliada e mais restritiva não teve o efeito esperado no índice de isolamento da cidade, que se manteve abaixo do esperado. “Houve apenas uma pequena melhora”, ele afirmou. Comparando os números da sexta-feira 8 aos da sexta-feira 15, houve um aumento de dois pontos percentuais, passando de 46% para 48%.

ASSINE VEJA

Covid-19: Amarga realidade As cenas de terror nos hospitais públicos brasileiros e as saídas possíveis para mitigar a crise. Leia nesta edição.
Clique e Assine

O rodízio ampliado entrou em vigor na última segunda-feira (11), mas não abalou com intensidade os índices de isolamento na cidade. De acordo com a determinação, veículos com placas de final par só poderiam rodar em dias da semana pares, e veículos com final ímpar, nos dias ímpares. A medida valia por toda a cidade, durante as 24 horas do dia, inclusive aos sábados e domingos. Antes, a prefeitura havia tentado bloquear vias da cidade – uma decisão muito criticada, por ter impedido a circulação até mesmo de profissionais de saúde.

Segundo Covas, as multas aplicadas durante os sete dias em que o rodízio restritivo permaneceu em vigor serão mantidas. “Quem foi multado, foi multado.”

Continua após a publicidade

Publicidade