Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rompimento de barragem da Vale em Brumadinho deixa 200 desaparecidos

Segundo a empresa, a área administrativa, onde estavam funcionários, foi atingida, assim como a comunidade da Vila Ferteco, em Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais afirmou que o rompimento da barragem 1 da Mina Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho, deixou cerca de 200 pessoas estão desaparecidas. A barragem de rejeitos de minério de ferro se rompeu na tarde desta sexta-feira, 25. 

Segundo a empresa, a área administrativa, onde estavam funcionários, foi atingida, assim como a comunidade da Vila Ferteco. A lama agora começa a chegar ao centro do município, pelo leito do Rio Paraopebas, que abastece 6 milhões de pessoas. Por enquanto, quatro pessoas foram socorridas e encaminhadas ao hospital.

O Ministério da Saúde informou que todas as equipes do Samu que atuam na região estão mobilizadas para atendimento de vítimas e 150 leitos de hospitais foram colocados à disposição.

Equipes foram mobilizadas para dimensionar a necessidade de suprimentos, abrigos e atendimento para população afetada. A pasta informou que, numa segunda etapa, a equipe de Vigilância em Saúde vai monitorar a contaminação dos recursos hídricos, principalmente o do Rio Paraopeba, que abastece as cidades da região.

Por meio de um comunicado no Facebook, a prefeitura de Brumadinho orientou a população a manter distância do leito do rio Paraopeba. Segundo a Defesa Civil de Minas Gerais, a tendência é que os rejeitos fluam para o Paraopeba, um dos principais afluentes do rio São Francisco.

Em nota, os Bombeiros informaram que “vários órgãos, principalmente de segurança pública, estão no local e em reunião neste momento definindo as estratégias de atendimento”.

O acidente aconteceu na altura do km 50 da Rodovia MG-040. Os bombeiros enviaram equipes com policiais civis e militares, com enfermeiros e medicamentos, além de cinco aeronaves e um helicóptero. Também foram acionados militares do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad).

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Lamentável, mas vocês deveriam rever o texto antes de publica-lo, visto que tem um erro de concordância, preferir nem continuar lendo fui para o portal da CBN “O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais afirmou que o rompimento da barragem 1 da Mina Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho, deixou cerca de 200 pessoas estão desaparecidas”.

    Curtir