Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romário paga dívida e é solto

A Justiça do Rio de Janeiro concedeu na tarde desta quarta-feira o alvará de soltura ao ex-jogador Romário, preso na terça-feira por não pagar a pensão alimentícia de seus dois filhos com a ex-mulher, Mônica Santoro. Antes de ser liberado, Romário compareceu a uma audiência no Fórum da Barra da Tijuca para prestar esclarecimento. A dívida é de 89.641,44 reais.

Durante a audiência, os advogados de Romário mostraram documentos confirmando o pagamento de 50.000 reais à ex-mulher. O restante da quantia foi pago na manhã desta quarta-feira. Contudo, o advogado de Mônica Santoro, Sérgio Eduardo Fisher, disse que a dívida foi paga de forma integral pelo ex-jogador.

Prisão – À noite, no 16º Distrito Policial, Romário dividiu uma cela com outros dois detentos, também presos por não pagar pensão alimentícia. Segundo o delegado Carlos Augusto Nogueira Pinto, Romário dormiu pouco e passou a noite e a madrugada conversando com os companheiros de cela.

No fim da noite de terça-feira, um amigo de Romário levou uma quentinha com comida para o ex-jogador, mas ele não foi autorizado a receber a alimentação especial. “Ele vai comer a mesma coisa que os demais, não tem diferença”, disse o delegado.

Em 2004, o ex-jogador também foi preso por não pagar pensão alimentícia em ação também movida por Mônica Santoro