Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Presença de Força Nacional no Amazonas é prorrogada por mais 60 dias

Agentes estão no estado desde a rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em janeiro de 2017

Por Da Redação 17 jan 2019, 12h01

A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) vai permanecer por mais sessenta dias no trabalho de apoio ao sistema penitenciário do Amazonas. Os militares estão no estado desde janeiro de 2017, após a rebelião de presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que resultou na morte de 56 detentos — o massacre é o maior desde a chacina do Carandiru, em 1992 em São Paulo, quando 111 presos foram mortos.

A portaria que autoriza a prorrogação foi assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro e publicada na edição desta quinta-feira (17) no Diário Oficial da União. Segundo o documento, a Força Nacional vai atuar nas ações de policiamento ostensivo, fazendo o patrulhamento nos perímetros externos dos presídios. A prorrogação foi solicitada pelo governador Wilson Lima (PSC), do Amazonas.

No começo de janeiro do ano passado, as unidades do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e o Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) registraram uma “movimentação” de internos. Enquanto a fuga era contida, detentos se rebelaram no Compaj e assassinaram 56 internos.

Em abril do ano passado, o então ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, havia assinado uma portaria prorrogando, mais uma vez, o trabalho da Força Nacional no estado até o dia primeiro de janeiro deste ano. No dia 11 de dezembro foi autorizada uma nova prorrogação.

(Com Agência Brasil)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.