Clique e assine a partir de 8,90/mês

Prefeito de Manaus afirma que saúde do AM entrou em colapso

Segundo Arthur Virgílio Neto, os hospitais públicos já não têm mais capacidade para receber novos pacientes infectados pelo coronavírus

Por Da Redação - 6 abr 2020, 23h27

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, afirmou nesta segunda-feira, 6, que o sistema de saúde do Amazonas entrou em colapso.

Segundo ele, os hospitais públicos já não têm mais capacidade para receber novos pacientes infectados pelo coronavírus. “A rede pública colapsou. O hospital principal, que é ó Delphina Azziz, ele está absolutamente lotado de pessoas que não estão encontrando solução ali”.

Virgílio também fez um pedido ao governador Wilson Miranda Lima para garantir o funcionamento de um hospital na cidade.

O Amazonas já registra 19 mortes pela Covid-19, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira.

Arthur Virgílio Neto afirmou ainda que vai decretar a cassação de alvarás de funcionamento para comerciantes que desobedecerem ao isolamento social.

Continua após a publicidade
Publicidade