Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF prende 7 em operação contra contrabando de fósseis

Foram apreendidos cerca de 1.000 peças arqueológicas desde o início das investigações há um ano

A Polícia Federal deflagrou uma operação para desmantelar uma quadrilha internacional especializada em contrabando de fósseis e pedras semipreciosas. Até o momento, foram cumpridos sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Rio de Janeiro.

Batizada de Munique, a operação teve início há um ano quando houve a apreensão de pedras semipreciosas encaminhadas ao exterior pelo correio. No decorrer das investigações, autoridades francesas chegaram a apreender 1.000 fósseis endereçados a museus na Alemanha e no Reino Unido.

Dentre os presos, está um estrangeiro mantenedor de museus de paleontologia no Estados Unidos e na China. Segundo a PF, fósseis são bens do governo e, por isso, não podem ser extraídos da natureza e depois comercializados.

Os detidos responderão por crimes de furto qualificado de bem da União, receptação, contrabando e organização criminosa. Somadas, as penas podem chegar a vinte anos de prisão.