Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Passe Livre volta atrás e decide continuar com protestos

Depois de anunciar sua retirada das manifestações, grupo afirma que pretende continuar saindo às ruas. O foco agora será a tarifa zero

Por Da Redação 22 jun 2013, 11h12

Menos de um dia após anunciar sua retirada das manifestações em São Paulo, os integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) anunciaram que pretendem continuar organizando protestos na cidade. Em nota, o grupo afirmou que obteve uma grande vitória ao conseguir revogar os aumentos das passagens e que pretende continuar se manifestando a favor da tarifa zero. Eles, no entanto, não especificaram a data nem a hora dos novos protestos.

Depois de organizar sete passeatas na capital paulista e conseguir reduzir as tarifas do transporte público de 3,20 para 3 reais, o MPL havia anunciado na manhã desta sexta-feira sua retirada das manifestações. O principal motivo citado por seus membros foi a pulverização de reivindicações, como a redução da maioridade penal e a PEC 37 – que eles consideram pautas conservadoras. Segundo os integrantes, a pausa seria necessária para uma reflexão sobre os rumos dos protestos.

Antes do fim do dia, no entanto, o grupo voltou atrás da decisão. Em nota, eles anunciaram que não estão suspendendo os protestos e que irão continuar se manifestando pela tarifa zero no transporte público. “Ao longo dos seus oito anos, o MPL nunca deixou de se organizar e sair às ruas, e não vai ser agora que isso vai mudar”, afirma o texto.

Leia a íntegra da nota do MPL:

Sobre a continuidade da luta

Continua após a publicidade

O Movimento Passe Livre (MPL) é um movimento social que luta por um transporte verdadeiramente público. Ao longo dos seus 8 anos, o MPL nunca deixou de se organizar e sair às ruas, e não vai ser agora que isso vai mudar.

Nas últimas semanas, a população de São Paulo obteve uma enorme conquista: com sua mobilização na rua, forçou os governantes a retrocederem e revogarem o aumento na tarifa de ônibus, trem e metrô. O povo organizado mostrou que é capaz de vitórias, e há muitas lutas ainda a serem feitas.

Não estamos suspendendo os protestos. Sempre afirmamos que a luta contra o aumento ia continuar até a revogação. Agora que a tarifa baixou, vamos dar continuidade à luta, pela tarifa zero.

Só a luta muda a vida!

Continua após a publicidade

Publicidade