Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Não é Sergio Moro: quem é o inimigo número 1 do PCC

Polícia Federal desarticulou quadrilha que queria sequestrar senador e outras autoridades

Por Sérgio Quintella Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 27 mar 2023, 17h38 - Publicado em 25 mar 2023, 09h16

Há duas décadas combatendo as facções criminosas, o promotor paulista Lincoln Gakiya, membro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo (Gaeco), é o inimigo número 1 do Primeiro Comando da Capital. Na última quarta, 22, a Polícia Federal desbaratou uma quadrilha ligada ao PCC que pretendia sequestrar o senador Sergio Moro (União Brasil-PR), sua família, além de outras autoridades, entre as quais Gakiya. Segundo os planos, em vez de pedir resgate, o bando negociaria a devolução dos reféns em troca do principal líder da facção, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. 

 

Lincoln Gakiya: duros golpes no PCC 
Lincoln Gakiya: duros golpes no PCC (Antonio Milena/VEJA)

Em 2019, foi do promotor paulista a ideia de transferir Marcola e outros 21 comparsas para o Presídio Federal de Rondônia, após a informação de que o chefe do PCC seria resgatado de uma penitenciária paulista. A solicitação foi enviada ao Ministério da Justiça, então sob comando de Moro. Nas carceragens federais, os presos não têm contato pessoal com advogados e visitas, além de permanecerem trancados a maior parte do tempo.

Continua após a publicidade

Desde então as ameaças ao promotor se acentuaram. “Faz parte da minha rotina [ser ameaçado]”, diz Gakiya. Foi ele quem descobriu os planos mais recentes do PCC e levou os nomes para a Polícia Federal, em janeiro. “Eu acompanhei tudo desde o início. Temos várias investigações contra esse setor do PCC, chamado de sintonia restrita. Eles atuam só em casos de atentados, resgates. Eles não se envolvem com outras funções, como execuções. São só casos de vulto”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.