Clique e assine a partir de 8,90/mês

Morte de PMs no Rio: a dor de uma marca trágica

No clima de violência que sufoca o Rio de Janeiro, os policiais morrem (e matam também) em uma escalada que não encontra paralelo no Brasil nem no mundo

Por Luisa Bustamante, Thiago Prado - 18 ago 2017, 20h41

O fascínio pelos números redondos alçou ao centro das atenções um drama que se desenrola sem muito destaque no tabuleiro da violência que engole o Rio de Janeiro. A marca de policiais militares mortos neste ano no estado está perto, muito perto de chegar a 100. Até o fechamento desta edição, eram precisamente 97. Nesse mesmo período, como comparação, a tropa de São Paulo registrou 22 baixas. Nos Estados Unidos, no país todo, foram 79. Em Nova York, oito.

VEJA desta semana apresenta os números que confirmam a tragédia social do Rio de Janeiro e revela onde estavam e como reagiram as autoridades brasileiras no mesmo dia da morte de policiais.

Leia esta reportagem na íntegra assinando o site de VEJA ou compre a edição desta semana para iOS e Android.

Aproveite também: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Continua após a publicidade
Publicidade