Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Marisa deve permanecer sedada até a semana que vem

Dizem fontes ligadas à família do ex-presidente Lula. A ex-primeira-dama está internada desde terça-feira passada

Por Bruna Narcizo Atualizado em 28 jan 2017, 13h59 - Publicado em 28 jan 2017, 13h56

Segundo fontes próximas à família do ex-presidente Lula, o quadro clínico de sua esposa, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, internada no hospital Sírio-Libanês, está melhorando. Ela teria passado a última noite bem, evoluindo, segundo apontam  novas tomografias realizadas no hospital Sírio-Libanês, no centro de São Paulo.

Contudo, os médicos continuarão com a sedação até a semana que vem. A medida ainda evita stress desnecessário da paciente – o nervosismo poderia reverter, para pior, a situação.

Marisa Letícia sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) na última terça-feira (24) e precisou passar por uma cirurgia de emergência para estancar o sangramento. Desde então, ela continua internada na UTI, sob supervisão de equipe de médicos liderada pelo diretor da divisão de cardiologia do Sírio, Roberto Kalil Filho.

Reportagem de VEJA desta semana explica os procedimentos pelos quais Marisa passou no hospital e o seu histórico de hipertensão, que contribuiu para que um aneurisma (dilatação anormal de um vaso sanguíneo) diagnosticado há uma década se rompesse.

Continua após a publicidade
Publicidade