Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Incêndio no Flamengo: atletas internados têm ‘boa evolução’

Jhonata Ventura, sobrevivente em situação mais grave, já não precisa mais usar ventilação mecânica

Internados desde a sexta-feira, 8, em virtude de lesões e queimaduras sofridas no incêndio que vitimou dez atletas da base no CT do Flamengo, os jogadores Jhonata Ventura e Francisco Dyogo apresentam boa evolução, de acordo com boletins médicos divulgados nesta quinta, 14.

O caso que requer mais cuidados é o de Jhonata, que sofreu queimaduras em cerca de 35% do corpo. Internado no CTI do Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, ele está acordado e atendendo aos comandos simples ao exame clínico. A ventilação mecânica já foi retirada. Segundo os médicos, “o quadro clínico ainda requer cuidados e o menino segue em vigilância respiratória”. 

Francisco Dyogo, por sua vez, evolui bem. Ele permanece internado no hospital Vitória, na Barra da Tijuca. Segundo o Flamengo, o jogador “respira sem ajuda de aparelhos de oxigênio, segue estável e ainda com tratamento de antibiótico venoso”.

Um terceiro jogador que ficou ferido no incêndio teve alta hospitalar. Cauan Emanuel, de 14 anos, foi liberado na última segunda-feira, 11.