Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Idosa morre em desabamento causado pelas chuvas em São Paulo

Caso ocorreu na zona norte da capital paulista; CGE emite alertas para alagamentos em quatro regiões da cidade e nas marginais Tietê e Pinheiros

O Corpo de Bombeiros confirmou a morte de uma idosa, vítima do desabamento de uma casa na Rua Maria Renata, na região do Limão, na zona norte de São Paulo, em razão da forte chuva que atinge a cidade na tarde desta terça-feira. 

Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da capital paulista, que monitora as precipitações na cidade. emitiu às 15h40 alertas para alagamentos nas zonas oeste, sudeste, norte e centro, além da região das marginais Tietê e Pinheiros. 

Segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as avenidas 23 de Maio e 9 de Julho ficaram totalmente interditadas, no sentido do Aeroporto de Congonhas, perto do Viaduto Euclides Figueiredo. A Avenida Rebouças também foi interditada, em ambos os sentidos, na altura da Avenida Brasil. Segundo a CET, às 18h20, a cidade registrava 90 quilômetros de congestionamento. 

A chuva afetou, ainda, o transporte público. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) confirmou que os alagamentos interromperam a circulação de trens da Linha 8-Diamante, entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Lapa. A operação foi normalizada às 17h05. A Linha 11-Coral ainda opera com velocidade reduzida, enquanto a 9-Esmeralda teve sua operação normalizada às 18h15. 

No Metrô, a Linha 3-Vermelha, devido à falha em equipamento de via entre as estações Brás e Bresser-Mooca, também está com lentidão em função da chuva e dos alagamentos. As demais linhas operam normalmente.