Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Henrique Meirelles ‘prega’ economia a evangélicos

O ministro da Fazenda disse em discurso que “fez algumas coisas básicas” para colocar a economia “em ordem”

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), disse em discurso para fiéis da igreja evangélica Sara Nossa Terra, em Brasília, que “fez algumas coisas básicas” para colocar a economia “em ordem”. Ao subir ao palco, foi apresentado por Flávio Rocha, presidente do grupo Riachuelo, como o responsável pelo “maravilhoso milagre da economia brasileira”. Meirelles almeja ser candidato a presidente da República.

Sem citar o presidente Michel Temer, Meirelles afirmou que foi graças ao seu trabalho à frente da Fazenda que “saímos da maior crise da história do Brasil”, vivida entre 2015 e 2016, no governo da presidente cassada Dilma Rousseff. “O que fizemos foi começar a controlar as despesas, fixando, inclusive, regra de aumento de despesas, privilegiando aquilo que interessa, que é a população brasileira, que são vocês, que são os jovens. E fazendo reformas fundamentais, visando à modernização da economia brasileira”, disse. 

Apesar da exposição, Meirelles reafirmou que decidirá se é candidato ao Planalto até o início de abril, quando ministros que vão disputar as eleições precisam deixar os cargos.

O evento desta sexta (5) foi o terceiro em que Meirelles participou em igrejas evangélicas. Em junho, esteve na comemoração dos 106 anos da Assembleia de Deus em Belém. No mês seguinte, foi a Juiz de Fora, em Minas, para novo encontro com membros da mesma igreja. 

Nesta sexta, após o discurso, o ministro da Fazenda participou de uma oração e recebeu bênçãos dos fiéis pelo futuro do País. “A energia que senti quando entrei aqui é exatamente isso que o Brasil precisa agora, para que possamos levar o País na direção certa”, afirmou.

Com Estadão Conteúdo