Clique e assine a partir de 9,90/mês

Faculdades em Franca suspendem aulas após ameaça de ataque

Instituições tomaram decisão após mensagem em rede social

Por Giovanna Romano - Atualizado em 22 mar 2019, 17h52 - Publicado em 22 mar 2019, 12h13

A Faculdade de Direito de Franca (FDF) e o Centro Universitário Municipal de Franca (Uni-Facef), no interior de São Paulo, suspenderam as aulas nesta sexta-feira, 22, após ameaças de um suposto ataque. As instituições tomaram a decisão em razão de uma mensagem recebida por um dos alunos em uma rede social.

Na mensagem, um suspeito afirma que ele e seus amigos estão “planejando um ataque” e que o “bixo [sic] vai pegar amanhã”. As faculdades emitiram um comunicado oficial informando que as aulas desta sexta-feira foram suspensas em razão da mensagem, “cujo conteúdo apresenta ameaça a todos de forma indiscriminada”.

“Por determinação da Direção, as aulas de hoje, 22 de março de 2019, estão suspensas por motivo de segurança dos alunos, professores e funcionários e demais pessoas que frequentam a FDF”, diz a nota da Faculdade de Direito de Franca. O Centro Universitário Municipal de Franca informou que as aulas estariam suspeitas pelos mesmos motivos e que as atividades serão retomadas no sábado. Ambas citam a circulação da ameaça pelas redes sociais.

A Delegacia de Investigações Gerais de Franca informou ter localizado os autores das ameaças, mas que elas eram falsas. Segundo a nota, “dois rapazes criaram um perfil em uma rede social e compartilharam ameaças publicadas por terceiros com os alunos das universidades”. A dupla foi ouvida pela polícia e foi liberada após um registro de um Termo Circunstanciado.

Continua após a publicidade

No último dia 13, no período da manhã, dois indivíduos entraram na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Além dos autores, oito pessoas foram mortas: cinco estudantes, duas funcionárias e um empresário.

Publicidade