Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Criação de empregos é recorde em 2008: 1,5 mi

Por Jadyr Pavão
19 ago 2008, 15h16

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta terça-feira apontam avanços no nível de emprego no país. O número de vagas com carteira assinada criadas entre janeiro e julho deste ano atingiu uma marca histórica: 1,564 milhão ¿ alta de 5,4% no ano.

Além disso, em julho, foram criadas 203.218 vagas, 60% a mais do que o registrado no mesmo mês de 2007 e melhor resultado para um mês de julho. No acumulado dos últimos 12 meses, foram criados 2 milhões de empregos formais.

O setor de serviços é o carro-chefe do processo. Foram 490.105 novos postos de trabalho, alta de 4,29%. Em seguida, ficou a indústria de transformação, com 355.396 novos postos, saldo de 5,07%.

Em termos relativos, os destaques ficaram com agricultura, com 18,14%, e a construção civil, 15,18%. Por regiões, a região Sudeste lidera o crescimento em números absolutos, adicionando 1,027 milhão de vagas.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.