Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Condutor que atropelou 20 estava sem CNH

Hector Hernandes Santana, de 20 anos, tentava passar com o veículo no meio de um grupo de pessoas que comemorava o título do Corinthians. Ele foi preso em flagrante e vai responder por tentativa de homicídio

Por Da Redação
5 jul 2012, 12h00

O condutor de um veículo que atropelou 20 pessoas na madrugada desta quinta-feira estava sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), segundo o delegado titular do 30º Distrito Policial, José Matallo Neto, onde o caso foi registrado. De acordo com Matallo, Hector Hernandes Santana, de 20 anos, foi preso em flagrante e vai responder na Justiça por tentativa de homicídio.

Em depoimento, Hector afirmou que, por volta das 1h45 desta quinta, atingiu uma mulher ao tentar passar com o veículo no meio de um grupo de pessoas que comemorava o título do Corinthians de campeão da Copa Libertadores da América. A celebração acontecia na Praça Silvio Romero com a Rua Tuiuti, no Tatuapé, Zona Leste da capital paulista. Hector conta que ao atingir acidentalmente a mulher, populares que estavam no local começaram a agredir o veículo, um Vectra GT verde.

O delegado titular do 30º DP afirma que Hector, assustado com a reação do grupo, acelerou o veículo e atingiu outras que ocupavam a rua. “Foram 20 vítimas no total, quatro pessoas ficaram embaixo do carro e duas foram hospitalizadas em estado grave”, afirma Matallo.

Dentro do veículo, junto com Hector, estavam mais três homens, todos torcedores do Corinthians. Hector foi preso em flagrante, mas os passageiros do carro foram liberados após prestar depoimento. Segundo Matallo, apenas Hector é o responsável pelos atropelamentos porque ele era quem conduzia o veículo.

Continua após a publicidade

Após a série de atropelamentos, o motorista do Vectra só não foi linchado pelos demais torcedores que estavam na comemoração porque policiais intervieram rapidamente. Dentro do carro foram encontradas bebidas alcoólicas.

Matallo afirma que Hector foi submetido ao teste do Bafômetro e o resultado oficial ainda não foi divulgado. “O delegado que atendeu a ocorrência disse que o condutor estava visivelmente embriagado e testemunhas também afirmam terem notado que ele consumiu álcool”, diz.

(Com Agência Estado)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.