Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ciclovia Tim Maia volta a desabar no Rio de Janeiro

As fortes chuvas castigam a cidade: duas pessoas morreram após a queda de uma casa em Quintino, na Zona Norte, na noite de quarta-feira

Um novo trecho da ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, desabou nesta quinta-feira após o forte temporal que atinge a cidade. A ciclovia é a mesma que havia desabado em abril de 2016, causando a morte de duas pessoas. Ainda não há informações sobre vítimas.

Segundo comunicado do Centro de Operações da Prefeitura do Rio, equipes “agentes da Defesa Civil estão seguindo para a Ciclovia Tim Maia para realizar a interdição do trecho da via entre São Conrado e a Barra da Tijuca, após ocorrer um afundamento de pista, no trecho de São Conrado”.

Em 2016, a queda de um trecho de cinquenta metros do percurso entre os bairros do Leblon e de São Conrado, na Zona Sul da cidade, matou duas pessoas que passavam pela via. Na ocasião, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro concluiu que a ciclovia Tim Maia em 2016 desabou porque a pista estava apenas encaixada nos pilares – e não presa a eles. O incidente aconteceu após uma forte ressaca do mar. O laudo foi feito pela perícia da promotoria e consta no texto do inquérito civil que apura as responsabilidades pelo desastre. Também foram encontradas rachaduras em um dos pilares, conforme foi apontado no documento.

Temporal

As fortes chuvas que atingem o Rio nesta semana levaram à morte de duas pessoas entre a noite de quarta-feira e a madrugada desta quinta-feira. Uma casa desabou em Quintino, na Zona Norte, sobre dois moradores, um homem e uma mulher.

Em consequência da chuva e dos fortes ventos, um dirigível caiu sobre a via férrea e interrompeu o tráfego de trens no ramal de Santa Cruz. A Avenida Brasil está com trânsito interrompido no sentido centro, por causa da queda de uma árvore e de um painel publicitário, na altura de Ramos, na Zona Norte.

A Linha Vermelha chegou a ter seu trânsito interrompido e a Linha Amarela está alagada, na altura da Abolição, na Zona Norte. Os BRTs Transcarioca e Transoeste operam com problemas.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. INACREDITÁVEL!

    Curtir