Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atos a favor de Lula põem exército ‘em alerta’

A preocupação é de que as manifestações possam evoluir para o confronto direto - e violento - com a polícia

O líder do Movimento dos Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, anunciou na sexta-feira (5), por meio de um vídeo, que a Frente Brasil Popular pretende realizar atos em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o julgamento do petista no dia 24, em Porto Alegre. O tom da mensagem de Stédile “acendeu a luz de alerta” dos serviços de inteligência das Forças Armadas.

No dia do julgamento que pode tornar Lula inelegível, Stédile anunciou manifestações diante de fóruns de cidades menores, “sobretudo da Justiça Federal nas capitais para demonstrar nossa indignação”.


A preocupação é de que as manifestações possam evoluir para o confronto direto – e violento – com a polícia e, “pior, para a pressão além do limite sobre o Judiciário, sobre os magistrados principalmente”.

Outro motivo de apreensão é o choque entre organizações divergentes – como o Movimento Brasil Livre (MBL), apoiadores do deputado Jair Bolsonaro e os quadros do MST, no campo, ou do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), nas cidades. O MBL se mobiliza para protestos contra Lula no dia do julgamento.

“Congresso do Povo” 

Ainda de acordo com Stédile, a ideia é realizar, a partir de março, etapas do processo que ele chamou de “congresso do povo” em todos os municípios brasileiros. Em seguida, as propostas seriam levadas a encontros estaduais. “E, finalmente, depois da Copa do Mundo, lá pelo fim de julho, faremos o congresso do povo nacional em pleno Maracanã para juntar 100 mil, 120 mil militantes”, disse Stédile.

A partir do segundo semestre, conforme o líder sem-terra, o foco dos movimentos passa a ser “abraçar a candidatura de Lula que representa a simbologia da classe trabalhadora”. “Teremos um 2018 cheio de mobilizações, de muita disputa política em que a própria campanha eleitoral se transformará em uma verdadeira luta de classes”, disse Stédile.

Com Estadão Conteúdo

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Luladrão!!Troféu 🏆 🤥🤥( óleo de peroba ) um cara de pau nato ….. ele faz com que a mentira torna-se verdade.. e muitos pela a ignorância caem ..🤡🤡

    Curtir

  2. ADAO ALMEIDA

    É só proibir a produção de mortadela no país, que os “rebeldes de galinheiro”, logo se recolherão de suas trincheiras. E os brasileiros de bem, por favor, larguem os smartphones por um dia só. E vamos as ruas, gritar em alto e bom som, que queremos a quadrilha petista no seu devido lugar : uma cela na Papuda!

    Curtir

  3. Dan Albuquerque

    Chicote…Nossa arma tem que ser chicote de corda de cabresto pra enfrentar esses manifestantes peleguentos.
    Não há nada mais apropriado pra açoitar jumento…

    Curtir

  4. JOSE ROBERTO DE LIMA MACHADO

    Temos uma FARCs?…desmistifiquem logo esses agitadores!…não podemos ser eternos refens!

    Curtir

  5. erialdo nobre nobre

    Esse pessoal nunca produzirão nada para o país… Agora vem com essa ladainha, Cadeia para quem desobedecer…

    Curtir