Clique e assine a partir de 9,90/mês

Antonio Pitanga: “Se Lula pedir, Benedita da Silva será vice de Freixo”

“A esquerda no Rio precisa se unir", disse o ator, que é marido da ex-governadora

Por Jana Sampaio - Atualizado em 24 fev 2020, 02h05 - Publicado em 24 fev 2020, 00h06

Presente na Marquês de Sapucaí, neste domingo, 23, o ator Antonio Pitanga disse a VEJA que sua esposa, a ex-governadora do Rio e deputada federal Benedita da Silva, com quem é casado desde o início dos anos 90, ainda precisa ser convencida a concorrer à Prefeitura do Rio na chapa liderada pelo deputado federal Marcelo Freixo (Psol).

Segundo Pitanga, que desfila pela Estação Primeira de Mangueira, Benedita deve aceitar participar do pleito caso o Partido dos Trabalhadores e o ex-presidente Lula acenem neste sentido.

“A esquerda no Rio precisa se unir e não deixar para fazer coalizão apenas no segundo turno. Caso contrário, vamos assistir novamente a uma disputa entre o Eduardo Paes (DEM) e o Marcelo Crivella (Republicanos)”, afirmou.

Publicidade