Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘O Céu que Nos Oprime’: nazismo pelo olhar de um jovem (não tão) inocente

O livro, inspirado no filme indicado a seis estatuetas do Oscar: 'Jojo Rabbit', narra a aversão inicial de um menino alemão à obsessão por uma judia

Por Amanda Capuano - Atualizado em 31 jan 2020, 08h00 - Publicado em 31 jan 2020, 07h00
LIVRO – O Céu que Nos Oprime, de Christine Leunens (tradução de Roberto Muggiati; Bertrand Brasil; 252 páginas; 42,90 reais e 29,90 na versão digital) //Divulgação

Após a anexação da Áustria pelo Terceiro Reich, o pequeno Johannes Betzler se torna um adepto fiel da juventude hitlerista, até que a descoberta de um segredo guardado por seus pais o faz questionar suas convicções. Elsa, uma jovem judia escondida em sua casa, desperta nele sentimentos improváveis para um devoto da eugenia ariana, da aversão inicial à completa obsessão. Sob o olhar não tão inocente de um jovem nazista, a autora narra a ascensão e a derrocada do Führer e examina o contexto político e a doutrinação vigorosa que revelaram o lado mais sombrio da alma humana. O romance é base para o satírico Jojo Rabbit, aclamado filme do cineasta Taika Waititi que concorre a seis estatuetas no Oscar.

Publicidade