Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Notas de falecimentos – Fevereiro 2016

Bridget Hedison (1944-2016) Produtora das séries Dinastia e The Colbys, e esposa do ator David Hedison (Viagem ao Fundo do Mar), Bridget Hedison, faleceu no dia 22 de fevereiro, aos 71 anos de idade, vítima de câncer de mama. Bridget Mori nasceu no dia 16 de abril de 1944, em Cape Town, África do Sul, […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 30 jul 2020, 23h22 - Publicado em 5 mar 2016, 15h23
Bridget Hedison em foto mais recente (Foto: Alexandra e Serena Hedison via THR)

Bridget Hedison em foto mais recente (Foto: Alexandra e Serena Hedison via THR)

Bridget Hedison (1944-2016)

Produtora das séries Dinastia e The Colbys, e esposa do ator David Hedison (Viagem ao Fundo do Mar), Bridget Hedison, faleceu no dia 22 de fevereiro, aos 71 anos de idade, vítima de câncer de mama.

Bridget Mori nasceu no dia 16 de abril de 1944, em Cape Town, África do Sul, mas cresceu na Inglaterra.

Entre 1985 e 1986, Bridget foi produtora associada de Aaron Spelling na série The Colbys, spinoff de Dinastia, da qual ela também foi produtora assistente em 1987.

Bridget e o ator David Hedison em 1968. (Foto: site oficial do ator)

Bridget e o ator David Hedison em 1968. (Foto: site oficial do ator)

Na década de 1990, Bridget trocou a carreira de produtora pela de paisagista.

Em 1967, ela conheceu o ator David Hedison, na Itália, onde ele estava a trabalho. Os dois se casaram no ano seguinte.

O casal teve duas filhas gêmeas, a produtora Serena Hedison e a fotógrafa, diretora e produtora Alexandra Hedison que, entre 2001 e 2004, manteve um relacionamento com Ellen DeGeneres. Atualmente Alexandra é casada com a atriz e diretora Jodie Foster.

 

 

George Kennedy em 1980 (Foto: Silver Screen Collection/Getty)

George Kennedy em 1980 (Foto: Silver Screen Collection/Getty)

George Kennedy (1925-2016)

Ator de cinema que estrelou séries como Sarge e O Vigilante, George Kennedy faleceu aos 91 anos de idade, no dia 28 de fevereiro, de causas naturais.

George Harris Kennedy Jr. nasceu no dia 18 de fevereiro de 1925 em Nova Iorque. Filho de um músico e uma bailarina, George perdeu o pai quando tinha quatro anos de idade.

O ator iniciou sua carreira aos dois anos de idade, atuando no teatro e no rádio. Mais tarde, ele abandonou a vida artística para tentar uma carreira militar. Depois de lutar na 2ª Guerra Mundial, onde integrou grupos da infantaria, George ainda se manteve no serviço por dezesseis anos.

Neste período, ele começou a trabalhar no departamento militar de assistência técnica às produções de filmes e programas de TV. Nesta função, ele atuou como assessor técnico do humorístico The Phil Silvers Show, no qual também fez pequenas participações. Sua presença chamou a atenção dos produtores, que começaram a lhe oferecer papéis em episódios de diversas séries. Desta forma, George retomou sua carreira artística, afastando-se do serviço militar.

George em 'O Vigilante' (Foto: .../Arquivo)

George em ‘O Vigilante’ (Foto: CBS/Arquivo)

Ao longo de sua carreira, ele foi visto em episódios de Colt 45, Maverick, Peter Gunn, Rota 66, Cheyenne, The Deputy, Shotgun Slade, Lawman, Laramie, Sugarfoot, Surfside 6, Riverboat, Klondike, The American, The Asphalt Jungle, Bat Masterson, Os Intocáveis, Rawhide, Histórias do Velho Oeste/Death Valley Days, Tales of Wells Fargo, The Tall Man, Outlaw, O Bom Pastor, 77th Sunset Strip, O Paladino da Justiça, Perry Mason, O Show de Andy Griffith, Grindl, A Marinha de McHale, Bonanza, Alfred Hitchcock Presents, Daniel Boone, Laredo, Big Valley, Gunsmoke, Dr. Kildare, O Homem de Virgínia, Têmpera de Aço, Tarzan, Ilha da Fantasia, O Barco do Amor e The Commish, entre outros.

Entre 1971 e 1972, George estrelou a série Sarge, na qual ele interpretou Samuel Cavanaugh, mais conhecido como Sarge, um ex-detetive da homicídios que se torna padre em San Diego. Ao longo da única temporada produzida, Sarge tenta ajudar pessoas de sua paróquia que passam por momentos de dificuldade.

Continua após a publicidade

Entre 1975 e 1976, o ator estrelou sua segunda série. Adaptado da obra de Joseph Wambaugh, O Vigilante/The Blue Knight surgiu de um telefilme exibido em 1973, o qual foi estrelado por William Holden. Na série, George interpreta Bumper Morgan, um policial veterano que patrulha as ruas de Los Angeles.

O ator ainda fez parte do extenso elenco de Dallas, produção que estreou em 1978 e permaneceu no ar até 1991. George esteve na série entre 1988 e 1991, interpretando Carter McKay, um dos muitos rivais da família Ewing.

George em 2003. (Foto: SGranitz/WireImage)

George em 2003. (Foto: SGranitz/WireImage)

No cinema, George esteve em filmes como Rebeldia Indomável, que lhe rendeu o Oscar de Ator Coadjuvante; Charada, O Vôo do Fênix, Os Doze Condenados, O Homem que Odiava as Mulheres, Morte Sobre o Nilo e nas franquias de Corra que a Polícia Vem Aí  e de Aeroporto, entre outras produções.

Em 2011, o ator publicou sua autobiografia, Trust Me.

George foi casado três vezes. A primeira com Dorothy Theresa Gillooly, com quem teve uma filha, Shannon Sullivan; a segunda com Norma Jean Wurman, entre 1959 e 1978. O casal se divorciou em 1971, mas se casou novamente em 1973, sendo que a união terminou em divórcio em 1978. Neste mesmo ano, ele se casou com Joan McCarthy, com quem adotou quatro filhos. A união terminou em 2014, com a morte de Joan.

 

Tony Burton em 2009.  (Foto: Dr. Billy Ingram/WireImage)

Tony Burton em 2009. (Foto: Dr. Billy Ingram/WireImage)

Tony Burton (1937-2016)

Ator da série Frank’s Place e da franquia cinematográfica Rocky, Tony Burton faleceu no dia 25 de fevereiro, aos 78 anos de idade, vítima de pneumonia.

Antony Mabron Burton nasceu no dia 23 de março de 1937, em Flint, Michigan. Na juventude, Tony foi campeão de boxe peso pesado, bem como jogador de futebol e de baseball profissional.

Na década de 1960, com o fim de sua carreira no boxe, Tony passou por algumas dificuldades pessoais. Sem qualquer experiência profissional ou diploma Tony teve dificuldades de conseguir um emprego, o que o levou a praticar um assalto. Condenado à prisão, ele cumpriu três anos e meio de sentença.

Enquanto esteve preso, participou de workshops que utilizavam psicodramas como forma de terapia para lidar com problemas pessoais. Estas experiências  levaram Tony a se interessar pela carreira de ator.

Tim Reid e Tony em 'Frank's Place' (Foto: CBS/Arquivo)

Tim Reid e Tony em ‘Frank’s Place’ (Foto: CBS/Arquivo)

Após ser solto, Tony começou a trabalhar em montagens teatrais, as quais o levaram à TV na década de 1970.

Ao longo de sua carreira, ele foi visto em episódios de séries como Kojak, O Homem Invisível, Baretta, Harry O, Delvecchio, Good Times, Gemini Man, Gibsville, Switch, O Homem de Seis Milhões de Dólares, Sanford & Son, Arquivo Confidencial, O Incrível Hulk, Super-Herói Americano, Chips, Quincy – Corpo de Delito, Carro Comando, Esquadrão Classe A, A Gata e o Rato, Águia de Fogo, Duro na Queda, In The Heat of the Night, Poltergeist: The Legacy, Chicago Hope e O Renegado, entre outros.

Entre 1987 e 1988, Tony integrou o elenco fixo de Frank’s Place, série que girou em torno de um professor de Boston que herda um restaurante em Nova Orleans. Tony interpretou Big Arthur, o Chef do restaurante.

No cinema, Tony ficou conhecido por interpretar o treinador de Rocky na franquia Rocky, o Lutador.

O ator foi casado com Aurelian Rae Burton, com quem teve quatro filhos. Juanita, Christal, Jomo e Martin, sendo que este faleceu em 2014, vítima de parada cardíaca.

_______________________

Também faleceu em fevereiro o ator George Gaynes.

Continua após a publicidade
Publicidade