Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Plebiscito do “Brexit” tem recorde de eleitores inscritos no Reino Unido

Mais de 46,4 milhões de pessoas se registraram para participar da consulta popular nesta quinta. O número representa 145 mil eleitores a mais que o contabilizado nas eleições gerais de 2015

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 22h26 - Publicado em 23 jun 2016, 07h59

Por Fernanda Odilla, na Folha:
A comissão eleitoral do Reino Unido registrou número recorde de inscritos para votarem no plebiscito que acontece nesta quinta (23) e vai decidir se os britânicos permanecem na União Europeia.

Mais de 46,4 milhões de pessoas se registraram para participar da consulta popular nesta quinta. O número representa 145 mil eleitores a mais que o contabilizado nas eleições gerais de 2015.

As pesquisas de intenção de voto indicam que os eleitores chegaram ao dia do plebiscito divididos.

A média das pesquisas compilada pelo jornal “Financial Times” continua indicando empate técnico. Agora, contudo, apontam uma pequena vantagem para os que querem permanecer: 47% para ficar e 45% para sair do bloco europeu, revertendo a tendência do dia anterior.

Numa cédula de papel, os inscritos precisam escolher entre duas opções: “permanecer membro da UE” ou “deixar a UE”.

As seções eleitorais abriram às 7h (3h no horário de Brasília) em todo o Reino Unido. Em Londres, os primeiros a votar chegaram debaixo de chuva.

Ainda não se sabe se a chuva torrencial que caiu durante a madrugada vai atrapalhar a taxa de comparecimento às seções eleitorais, em especial na capital britânica, onde há registro de enchente em diferentes pontos e de interrupção de linhas de metrô e trem.

A participação no plebiscito não é obrigatória. Além de ir às seções eleitorais, que ficam abertas nesta quinta até as 22h (18h de Brasília), os eleitores podem ter optado para votar pelo correio —neste caso, as cédulas são enviadas para as residências dos eleitores, que precisam assegurar que sejam devolvidas antes das 10h do dia de votação.

Além dos britânicos, podem votar irlandeses e cidadãos da Commonwealth (associação de 53 países ligados historicamente à Coroa) residentes no Reino Unido.
(…)

Continua após a publicidade
Publicidade