Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Os “cinco mil” de Soninha

Acompanhei, como vocês sabem, a abertura dos jogos do Pan pela TV Globo. Por mais que critiquem Galvão Bueno, eu ainda prefiro a sua locução à de alguns primitivos que concorrem com ele na TV aberta ou à daqueles rapazes das TVs a cabo que se esforçam para que o futebol ou os esportes se […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h18 - Publicado em 15 jul 2007, 16h43
Acompanhei, como vocês sabem, a abertura dos jogos do Pan pela TV Globo. Por mais que critiquem Galvão Bueno, eu ainda prefiro a sua locução à de alguns primitivos que concorrem com ele na TV aberta ou à daqueles rapazes das TVs a cabo que se esforçam para que o futebol ou os esportes se confundam com categorias schopenhauerianas. Há certas coisas que não brotam da grama, por maior que seja o esforço. Adiante.

Alguns tentaram fugir de Galvão acompanhando a cobertura pela ESPN Brasil, onde brilha como comentarista a vereadora petista Soninha. Quando veio a vaia, a moça analisou, para espanto de seus pares e da realidade:

– É uma vaia de umas cinco mil pessoas.

Segundo o leitor que enviou a informação, confirmada por outros, ela estava dentro do estúdio da emissora, em São Paulo. Acredito que não estivesse buscando a precisão jornalística, mas fazendo uma análise partidária.

O âncora do programa, José Trajano, que transmitia direto do Maracanã, corrigiu:

– Não, Soninha, não são cinco mil. É o estádio inteiro.

Publicidade