Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Não estavam rezando para o Facebook

Uma das maiores mistificações destes dias é a história de que a Internet fez a revolução no Egito – e, pois, agitaria todo o mundo árabe, muito especialmente os países que têm governos apoiados pelos EUA. Como todo mundo, vi uma foto impressionante: milhares de pessoas que protestam na praça param e se ajoelham, cabeça […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 21 fev 2017, 07h04 - Publicado em 4 fev 2011, 21h21

Uma das maiores mistificações destes dias é a história de que a Internet fez a revolução no Egito – e, pois, agitaria todo o mundo árabe, muito especialmente os países que têm governos apoiados pelos EUA.

Como todo mundo, vi uma foto impressionante: milhares de pessoas que protestam na praça param e se ajoelham, cabeça posta ao chão.

Não! Não era para o Facebook, que boa parte nem sabe o que é. Era para Alá. A rede social que os une, vai ficando cada vez mais claro, se chama “Irmandade Muçulmana”. Talvez as redes sociais facilitem a comunicação um tantinho, só isso. Mas não estamos diante de um evento-relâmpago. Uma idéia mantém a praça ocupada, caramba!

Publicidade