Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Deixe o maconheiro falar: “Vamos derrubar cana e plantar cânhamo”

Em Recife, a Justiça permitiu a marcha dos maconheiros — já que maconha não anda sozinha, né? Ela só se move nas mãos de usuários e traficantes. Abaixo, há um vídeo do evento. Uma senhora discursa e faz, finalmente, uma proposta objetiva — e olhe que maconheiro dotado de alguma objetividade é difícil. Ali pelos […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 11h54 - Publicado em 23 Maio 2011, 15h39

Em Recife, a Justiça permitiu a marcha dos maconheiros — já que maconha não anda sozinha, né? Ela só se move nas mãos de usuários e traficantes. Abaixo, há um vídeo do evento. Uma senhora discursa e faz, finalmente, uma proposta objetiva — e olhe que maconheiro dotado de alguma objetividade é difícil. Ali pelos 29s, ela sugere: “Derruba a cana e planta canabis (…). Já que gostam de Torres Gêmeas, de tudo maior do mundo aqui, vamos fazer uma estátua de cânhamos de Maurício de Nassau (…). Derruba a cana e planta canabis, e uma redução de danos”.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=QSI5PCAlbis&w=425&h=349]

No encerramento, um dos organizadores se orgulha de que, segundo ele, em Recife, à diferença de São Paulo, respeita-se a Constituição. Por isso ele conclamou todo mundo a sair dali e ir fumar maconha. Segundo a Constituição que ele evoca, todos são subordinados à lei. Segundo a lei, ele transgrediu o Parágrafo 2º do Artigo 33 da Lei 11.343 (lei antidrogas), a saber:
§ 2o –  Induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga:

Pena – detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa de 100 (cem) a 300 (trezentos) dias-multa.

Esse rapaz só não será processado caso desrespeite a lei que ele evoca em sua proteção.

Continua após a publicidade
Publicidade