Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Trabalhando na ponta

Marcus Cezar Ferreira de Moura, segundo a Polícia Federal, o homem que Alexandre Padilha indicou para o laboratório de Alberto Youssef, participou da campanha de Dilma Rousseff em 2010, como integrante da coordenação de relações com os municípios, núcleo em que Padilha teve atuação importante. À época, ainda ministro das Relações Institucionais, Padilha foi o […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h59 - Publicado em 25 abr 2014, 17h27
Em campanha

Cada vez mais próximos desde de 2010

Marcus Cezar Ferreira de Moura, segundo a Polícia Federal, o homem que Alexandre Padilha indicou para o laboratório de Alberto Youssef, participou da campanha de Dilma Rousseff em 2010, como integrante da coordenação de relações com os municípios, núcleo em que Padilha teve atuação importante.

À época, ainda ministro das Relações Institucionais, Padilha foi o responsável por diversas ações para azeitar a relação do governo Lula com prefeitos e, consequentemente, turbinar a candidatura de Dilma entre os chefes de Executivos municipais.

Publicidade