Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

STJ suspende prazos e sessões após sofrer ataque hacker

Sistema do tribunal está fora do ar desde terça-feira; Polícia Federal foi acionada

Por Mariana Muniz Atualizado em 4 nov 2020, 12h03 - Publicado em 4 nov 2020, 11h57

Após o sofrer um ataque hacker em seu sistema de informação nesta terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça suspendeu todos os prazos dos processos até a próxima segunda-feira. A informação é do presidente da Corte, ministro Humberto Martins.

Como o Radar adiantou mais cedo, a Polícia Federal foi acionada para a investigação do ataque cibernético. Em nota, a presidência do STJ disse que está trabalhando na recuperação dos sistemas dos serviços oferecidos pela Corte.

Além dos prazos, foram suspensas as sessões de julgamentos que aconteceriam nesta semana “até restabelecida a segurança do tráfego de dados nos nossos sistemas”.

“A área de TI do STJ recomendou aos usuários – ministros, servidores, estagiários e terceirizados – que não utilizem computadores, ainda que os pessoais, que estejam conectados com algum dos sistemas informatizados da Corte, até que seja garantida a segurança do procedimento”, diz o comunicado.

Continua após a publicidade
Publicidade