Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

STJ decide que agentes de trânsito não podem advogar

Decisão acolheu os argumentos do Conselho Federal da OAB, que questionava a prática

Por Mariana Muniz Atualizado em 1 abr 2021, 12h31 - Publicado em 1 abr 2021, 16h30

O STJ, acolhendo os argumentos do Conselho Federal da OAB, decidiu nesta semana que os agentes de trânsito não podem advogar, por incompatibilidade com a legislação em vigor.

A tese firmada pelos ministros foi a seguinte: “O exercício da advocacia, mesmo em causa própria, é incompatível com as atividades desempenhadas por servidor ocupante de cargo público de agente de trânsito”.

Para o STJ, a incompatibilidade entre as funções está no fato de que os agentes ocupam cargos “vinculados direta ou indiretamente a atividade policial de qualquer natureza”.

O Conselho Federal da OAB foi representado pelo advogado Bruno Calfat.

Continua após a publicidade
Publicidade