Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Retomada de voo de Suriname para Belém gera alerta sanitário

Governador do Pará foi à Justiça pedir para que passageiros do voo de repatriação sejam isolados

Por Mariana Muniz - Atualizado em 30 mar 2020, 22h25 - Publicado em 30 mar 2020, 19h52

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou nesta segunda-feira que o Governo Federal agendou para a tarde desta terça-feira a chegada em Belém do voo de repatriação de brasileiros do Suriname pela empresa Surinam Airways.

Helder Barbalho anunciou que a Procuradoria-Geral do Estado ingressou, novamente, na Justiça com uma ação cautelar de emergência para que os passageiros do voo de repatriação sejam isolados ao chegar em Belém.

De acordo com o Procuradoria, a obrigação de manter os passageiros em isolamento deve ser do Governo Federal. A medida é uma ação para evitar possíveis contaminações do novo coronavírus no estado.

Publicidade